Boa forma

8 constrangimentos que acontecem na academia e ninguém te conta

Orlando/UOL
Tropeços na esteira, desinibidos no vestiário e odor de "cecê" são alguns constrangimentos cotidianos do universo fitness Imagem: Orlando/UOL

Carol Salles

Colaboração para o UOL

26/11/2016 07h08

Quem frequenta academia costuma ter pequenas surpresas no dia a dia. Gente pelada, acidentes na esteira e até brigas motivadas por ciúmes fazem parte da rotina fitness. Veja, a seguir, oito situações constrangedoras --e reais-- relatadas por alunos e professores ao UOL. Se você também já passou por alguma situação desagradável, compartilhe sua história nos comentários.

  • Imagem: Orlando/UOL
    Orlando/UOL
    Imagem: Orlando/UOL

    Vestiário vs. Vergonha

    Acostume-se a ver, com frequência, pessoas desconhecidas completamente nuas. A maioria deixa uma toalha à mão e se enrola nela. No entanto, há quem curta secar o cabelo, se pesar ou apenas caminhar pelo local antes de se vestir. A designer gráfica Aline Furlan, que atualmente mora na Irlanda, passou por isso. "O vestiário era pequeno e, bem na frente do banco onde eu me trocava, havia os chuveiros. De um deles, saiu uma moça, encharcada e pelada. Foi tão inesperado que eu e uma amiga não sabíamos para onde olhar. A moça em questão, no entanto, estava à vontade e até pareceu se divertir com nossos rostos confusos."

  • Imagem: Orlando/UOL
    Orlando/UOL
    Imagem: Orlando/UOL

    Cuidado com a esteira

    Levar um tombo enquanto corre ou caminha é mais comum do que parece. Especialmente quando há alguma distração por perto. A psicóloga Bárbara Jardim, de Belo Horizonte (MG), se desequilibrou e caiu "com a cara no chão" quando foi tentar dar atenção ao vizinho de equipamento. "Ele era lindo. Me deu bom dia e eu quis fazer bonito na esteira. Comecei a correr. Então ele foi falar alguma coisa comigo e eu me desconcentrei". Ela caiu e foi arrastada pela esteira até o chão. "Foi muito rápido. O moço meio que riu e não parou o exercício dele. Quem desligou a esteira foi um personal que estava por perto. Maior mico da vida!"

  • Imagem: Orlando/UOL
    Orlando/UOL
    Imagem: Orlando/UOL

    Academia não é aplicativo de pegação

    A personal Samantha de Oliveira, também de Belo Horizonte (MG), lembra de uma vez que viu um homem entrar aos berros na academia onde ela trabalhava, procurando por um dos professores. Quando o achou, partiu para cima dele. Funcionários e alunos foram separar, para depois entenderem a história: o homem havia visto o professor atacado entrar em um motel com uma aluna dele, que era casada com o agressor. "O marido traído acabou prejudicando a reputação do rapaz, que foi proibido de dar aulas na academia. A moça, entretanto, já estava malhando no dia seguinte, como se nada tivesse acontecido", lembra a professora.

  • Imagem: Orlando/UOL
    Orlando/UOL
    Imagem: Orlando/UOL

    Cantadas desagradáveis

    Há quem acredite que, por ser um lugar onde se cuida do corpo e que concentra muita gente bonita, a academia é terreno livre para cantadas. Não é bem assim. Uma personal trainer de São Paulo, que preferiu não se identificar, contou que, ao fazer uma avaliação em um aluno novo, constatou que a pressão dele estava um pouco alta. Avisou-o e ouviu como resposta a frase: "Subiu porque é você quem está fazendo minha avaliação, gata". "Me senti invadida e assediada. Não gostei e pedi ao coordenador para não atender mais esse aluno", diz. Alunos também devem procurar a direção da academia para reclamar de assédio.

  • Imagem: Orlando/UOL
    Orlando/UOL
    Imagem: Orlando/UOL

    Aparelhos ficam grudentos de suor

    É por isso que ao lado de cada equipamento há, geralmente, um borrifador com álcool e um pano, que podem ser usados antes e depois de cada exercício. No entanto, isso nem sempre é possível. A auditora e empresária Roberta Oliveira Pinheiro, de Santo André (SP), conta que, uma vez, topou revezar um aparelho com outro aluno. "Eu tinha de apoiar meu antebraço todo em uma barra e, quando encostei, senti-a toda molhada do suor dele. Só que ele estava na minha frente e fiquei sem graça de limpar. Então fiz cara de paisagem. Terminei minhas séries e depois fui direito para o banheiro lavar meu braço".

  • Imagem: Orlando/UOL
    Orlando/UOL
    Imagem: Orlando/UOL

    Suplementos que provocam gases...

    Certos alimentos, como clara de ovo e batata-doce, além de suplementos como albumina e whey protein, são ricos em proteínas e, por isso, ajudam na construção dos músculos. O problema é que eles trazem uma espécie de efeito colateral inesperado, o de estimular o organismo a produzir gases. Isso mesmo: quem come muita proteína costuma soltar puns.

  • Imagem: Orlando/UOL
    Orlando/UOL
    Imagem: Orlando/UOL

    A roupa pode acabar te traindo

    São comuns os casos de calças que rasgam na altura da virilha durante um exercício. "O mais chato é que provavelmente você será avisado por um professor ou outro aluno, já que eles vão conseguir ver, mas você, não", diz o personal trainer Abílio Daniel, de São Paulo. Roberta Oliveira Pinheiro conta que, certa vez, avistou uma moça com o bico do seio para fora do top. "Comentei com um professor e ele falou que não tinha sido a primeira vez."

  • Imagem: Orlando/UOL
    Orlando/UOL
    Imagem: Orlando/UOL

    Pode rolar um cheiro de "cecê"

    Quando era estagiário, o personal trainer Guigo Lopes, de Brasília, recebeu uma ordem incomum do chefe: pedir a um aluno que usasse desodorante antes de ir para a academia. "Ele suava demais e o odor era insuportável. Mas ele respondeu que já usava desodorante, então sugeri que passasse limão na axila. Foi muito constrangedor!", conta, aos risos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Especiais
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
UOL Estilo
Topo