Vida saudável

Ajude os amigos atletas compartilhando este guia básico de corrida de rua

Divulgação
Imagem: Divulgação

Anna Fagundes

Do UOL

23/01/2017 04h00

Então você decidiu cumprir as resoluções de Ano-Novo e decidiu se exercitar e até começou a correr a sério. Depois de um tempo, tomou coragem e se inscreveu em uma prova de rua. Ou, talvez, tenha decidido encarar uma caminhada organizada para ajudar uma instituição de caridade.

Boa hora para sair posando para as "selfies" na pista sem medo de ser feliz - afinal, ninguém ganha dinheiro em provas para amadores e o importante, além de competir, é se divertir e superar seus limites, certo?

Se esse é o seu caso, talvez seja melhor você dar uma lista na lista abaixo antes de pregar o número de corrida na camiseta e partir para a largada. Boa educação - e um tantinho de noção - são tão importantes para o atleta de primeira viagem quanto um par de tênis legais ou um fone de ouvido que funcione.

Perguntamos aos praticantes de corrida de rua quais as coisas que todo iniciante deveria saber antes de se inscrever em uma prova. Confira abaixo os "micos" mais irritantes e se prepare para arrasar na sua estreia - sem arrasar a corrida dos outros.

  • Paredão? Só no "Big Brother"

    Você veio para a prova com um grupo de amigos? Ótimo! Mas faça um favor para o pessoal que vem logo atrás de vocês: não travem toda a pista andando lado a lado, formando o famoso "paredão". Isso atrapalha o ritmo de prova de muita gente.

    A corredora Fabianne Bendazzoli, por exemplo, conta de como quase arranjou briga por causa do bloqueio: em uma prova, "um grupo de seis mulheres resolveram por o papo em dia enquanto fingiam correr. Fui tentar passar por elas e, com muita dificuldade, consegui que abrissem um espacinho entre elas. Acredita que elas ainda ficaram me xingando?"

  • Mantenha-se à direita

    Para Ricardo Esguelha, participante de corridas de rua em São Paulo, poucas coisas atrapalham mais uma prova do que "a galera que esquece ou desconhece que a esquerda é Quênia" - gíria para os atletas que correm mais rápido. No atletismo como no trânsito: mantenha-se sempre à direita da pista. Se for sua vez de ultrapassar alguém, veja se há espaço para a "manobra" --não corte caminho entre duplas correndo juntas, por exemplo.

  • "Olha o cadarço!"

    Por conta da aglomeração, acidentes são sempre esperados - mas também podem ser evitados. O atleta Jefferson Oliveira conta que, em uma prova lotada, um atleta e seu tênis foram o foco de uma grande bagunça. "Um cara passou por mim com o tênis desamarrado. Alguém gritou 'olha o cadarço!' e ele parou no meio da pista para amarrar. Não deu outra: quem vinha atrás tropeçou em cima dele." Resultado: o "efeito dominó" acabou envolvendo mais sete pessoas na confusão.

    Para evitar esse tipo de problema caso precisar diminuir o ritmo ou parar por qualquer motivo, sinalize com um gesto de mão e vá para o canto da pista com segurança. E, na dúvida, amarre bem os tênis antes de começar a prova: um nó duplo nos cadarços evita o inconveniente de precisar refazer os laços.

  • Sem tiro ao alvo e sem banho

    Toda prova de corrida bem organizada conta com postos de hidratação durante o percurso. O problema é o que fazer com os copos de água após se refrescar: atirá-los de qualquer jeito pode causar acidentes ou, no mínimo, um banho acidental na pessoa ao lado.

    Para isso, não tem segredo: jogue os copos com cuidado no canto da pista. O conselho vale em dobro quando se trata de bebidas isotônicas, que têm o incrível poder de fazer todo mundo escorregar quando escorre pelo asfalto.

  • Diga "xis" outra hora

    Nada contra fazer aquela "selfie" motivacional com a camiseta oficial da corrida - ao contrário! Muitas provas tem até hastag personalizada para os participantes postarem suas imagens. Mas não precisa sacar o celular bem na hora de começar a corrida - ou atualizar as redes socias no meio da prova "Já vi a pessoa fazendo foto para o Snapchat enquanto corre, atrapalhando quem vinha atrás", conta a nutricionista Nathali Loyola.

    Falando em fotos, algumas provas contam com fotógrafos oficiais. Não seja a pessoa que para no meio do caminho para posar, a não ser que você queira realmente correr o risco de ser atropelada pelo resto do pelotão - que também quer aparecer na foto, aliás...!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Blog do Prem Baba
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
Blog do Prem Baba
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo