Vida saudável

Exercício levado a sério pede honestidade e metas reais, diz Marcio Atalla

iStock
Educador físico do "Medida Certa" dá cinco dicas para não voltar ao sedentarismo Imagem: iStock

Ana Elisa Faria

Do UOL, em São Paulo

23/03/2016 07h13

Atire a primeira pedra quem nunca começou a se exercitar com toda a determinação e, pouco a pouco, foi desanimando até parar. Pensando em ajudar quem não quer repetir a dose e voltar para o sedentarismo, fomos atrás das dicas de Marcio Atalla.

Com o projeto "Vida de Saúde" à vista, com o qual pretende mudar os hábitos dos moradores da cidade de Jaguariúna, estimulando a prática de atividades físicas e a alimentação saudável, ele conta que não são necessárias grandes mudanças no dia a dia para se viver melhor.

O educador físico acredita que seguindo cinco passos básicos --que você conhece abaixo--, o praticante não vai deixar os exercícios de lado tão facilmente. 

Seja amigo do exercício físico!

  • Regularidade

    O primeiro passo é escolher uma atividade física que você consiga praticar regularmente, algo que seja possível de encaixar na rotina. Não importa se é um exercício de baixo gasto calórico, não importa se é subir escadas ou se fazer uma caminhada. Se você optar por uma academia, por exemplo, tente um local próximo à sua casa e que tenha um ambiente confortável.

  • Honestidade

    Analise, de fato, o seu meio ambiente. Vamos imaginar que a escolha foi a caminhada. Observe quanto tempo você irá gastar para chegar ao local onde praticará esse exercício. Caso conclua que o tempo de deslocamento seja em torno de uma hora, uma hora e meia, esqueça, você não vai conseguir. Então, é fundamental olhar para o seu dia a dia e ser muito honesto com você mesmo.

  • Competitividade e cooperação

    Descubra se você é competitivo ou cooperativo. Se for competitivo, busque um amigo para ter essa brincadeira --ou disputa-- e faça algum tipo de aposta. No caso de você se enxergar mais como alguém cooperativo e com dificuldades em manter a regularidade na prática da atividade, envolva outras pessoas que tenham o mesmo propósito. Assim, uma estimula a outra.

  • Xô, balança

    Não se prenda à balança. Como no início do processo há ganho de massa muscular, talvez o ponteiro da balança não mexa tanto, o que pode criar um certo desânimo.

  • Objetivos palpáveis e recompensas

    Tenha metas reais. Em vez de pensar: "eu quero emagrecer 18 quilos", pense: "quero emagrecer, neste mês, dois quilos". À medida que você alcançar esses pequenos objetivos, premie-se. Isso é importante porque criamos o ciclo anseio e recompensa. Pode ser o prêmio que você desejar: algo comestível, como um pedaço de bolo prestígio, a ida a um show ou a compra de uma roupa, por exemplo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
Blog do Prem Baba
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
Topo