Boa forma

Quer tomar whey protein? Antes tire essas dez dúvidas sobre o suplemento

iStock
Whey protein Imagem: iStock

Carolina Prado e Marina Oliveira

Colaboração para o UOL

17/08/2017 04h15

O suplemento não sai das bolsas térmicas dos marombados e das blogueiras fitness. Há uma razão para isso, ele é um aliado de quem quer acelerar o crescimento muscular e a definição. Mas se você já viu whey protein em lojas especializados, sabe que não existe só um tipo desse suplemento e nem uma única forma de consumir. Para esclarecer essas e outras dúvidas, listamos dez perguntas e respostas sobre o tema.

Fontes: Geórgia Bachi, nutricionista e autora dos livros: "Dieta com Whey Protein" e "Nutrição muito além da alimentação" (Editora Matrix); Iara Cecília Pasqua, coordenadora do Serviço de Nutrição da Beneficência Portuguesa de São Paulo e Wellington Pinheiro, nutricionista, pós-graduado em Fisiologia do exercício.

  • O que é?

    O whey protein é a extração da proteína do soro do leite, que é obtido no processo de produção do queijo. Com alto valor biológico, é completa em aminoácidos essenciais, que são aqueles que o organismo não é capaz de produzir, mas precisa para cumprir suas funções construtoras e reparadoras de tecidos e músculos. É de fácil digestão e rápida absorção.

  • Qualquer um pode consumir?

    Com exceção de quem é alérgico, qualquer adulto saudável pode tomar whey protein, se prescrito por um nutricionista ou nutrólogo --profissionais responsáveis por avaliar o gasto energético e o consumo alimentar. Ele é principalmente indicado para quem precisa suplementar a proteína na alimentação. Por exemplo, atletas e praticantes de atividades físicas intensas, pessoas com deficiência de absorção desse nutriente ou, ainda, pacientes com patologias que levam a perda de massa muscular.

  • Existem muitos tipos de whey protein?

    São três principais: concentrado, isolado e hidrolisado. Na forma concentrada, o processamento é mínimo, mas contém uma porcentagem considerável de outros nutrientes, como carboidrato e gordura. Na forma isolada, apenas a proteína é extraída, deixando resquícios mínimos de gordura e carboidratos, o que acelera a absorção do corpo. Já a forma hidrolisada é altamente processada, mas é absorvida pelo corpo ainda mais rapidamente.

  • O whey protein ajuda a saciar a fome?

    ElE tem o poder de saciedade entre uma a duas horas, por isso, pode ser usado como estratégia de emagrecimento, desde que haja indicação de um especialista. Na teoria, quem ingerir uma dose antes da refeição, vai colocar menos comida no prato.

  • Quem não é atleta pode consumir?

    Pode. Até mesmo quem não malha pode receber a indicação de consumo, porque o whey protein é indicado para pessoas com dificuldade para ganhar massa muscular. Mas é preciso saber que se trata de um suplemento alimentar e que não substitui a refeição.

  • Tomo antes ou depois do treino?

    Se o objetivo é aumentar os músculos, deve ser consumido em até duas horas depois do treino de força, que é quando o músculo está mais suscetível à entrada da proteína.

  • Existem riscos relacionados ao mau uso?

    Nenhum alimento deve ser consumido em excesso e com o whey não é diferente. Em altas doses, o suplemento pode sobrecarregar fígado e rim.

  • O modo de preparo do suplemento altera o resultado?

    Em geral, se prepara com água. O uso de outros líquidos, como suco, leite ou água de coco, pode ser indicado de acordo com as necessidades nutricionais da pessoa. Mas, os especialistas afirmam que, com água, a absorção é mais rápida.

  • Posso soltar mais pum por causa do consumo?

    Todos os alimentos podem causar gases, isso depende da digestibilidade de cada indivíduo em relação aos alimentos consumidos. Mas é certo que as versões isoladas e hidrolisadas causam menos gases do que a concentrada, que é uma versão mais bruta da proteína.

  • Mulher tem que usar whey protein específico para mulheres?

    Só se quiser. Esses produtos, geralmente, são acrescidos de proteína de soja (rica em isoflavonas, semelhante ao hormônio feminino) e colágeno, que é benéfico para a pele.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Fernando Guerreiro
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Especiais
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
Topo