Boa forma

Criador da dieta Dukan diz que pediu para sair de entidade médica na França

Do UOL, em São Paulo

30/01/2014 07h00Atualizada em 31/01/2014 11h56

O Colégio de Médicos Francês anunciou em um comunicado na segunda-feira (27) que o médico Pierre Dukan foi expulso da entidade por fazer promoção comercial de seu regime. No entanto, em comunicado, o criador da dieta que tem várias adeptas famosas, como a princesa Kate Middleton, afirma que pediu para ser removido da associação em abril de 2012, por "achar desproporcional o tratamento dado a ele e para poder ter liberdade em suas declarações".

Dieta Dukan

  • A dieta de Dukan propõe um plano alimentar baseado nos alimentos que os antepassados da espécie humana utilizavam. O cardápio se baseia em proteínas e vegetais. São permitidos 100 alimentos, 72 de origem animal e 28 de origem vegetal. A dieta permite que você coma o quanto quiser desses itens selecionados e, mesmo assim, perca peso.

    CONHEÇA O MÉTODO

O comunicado esclarece ainda que ter saído do Colégio não irá lhe tirar o título de médico, concedido a Dukan pela Universidade de Medicina de Paris, em 1996.

Em nota, Dukan afirma que "inúmeros médicos, ainda em exercício da profissão, beneficiam-se de uma visibilidade midiática significativa e não são repreendidos publicamente pelo Conselho da Ordem".

A polêmica aconteceu depois do Colégio emitir uma crítica sobre uma entrevista em que Dukan falava da importância da educação do "peso ideal" nas escolas. A entidade declarou que ele queria se promover e exercia a medicina como um negócio.

Descontente com a situação, o médico francês deu parte contra o presidente da instituição por este ter sido parcial ao expressar sua opinião na imprensa.

Muito criticado por nutricionistas, o regime do francês prega um cardápio com alta ingestão de proteína e baixo consumo de carboidratos. A dieta é dividida em quatro fases, sendo que na primeira e segunda ocorre à perda de peso e a terceira e quarta serve para fazer uma reeducação alimentar.

Dukan responde às críticas com os números obtidos em pesquisas realizadas pelas pessoas que seguiram o método. "Para se ter uma ideia da alta taxa de sucesso, 95% dos que seguem o programa de emagrecimento online chegam ao peso ideal".

"Uma outra pesquisa feita com mais de 1.500 pessoas que fizeram a dieta, verificou os exame posteriores e após o emagrecimento. Entre os que fizeram o check-up antes e depois 53% declaram que o check-up melhorou após o regime, 39% que o check-up deu resultados inalterados, e 6% que se alterou", completa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Fernando Guerreiro
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Especiais
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo