Vida saudável

Obama estava certo! Comer nozes todos os dias pode mudar a sua vida

Getty Images
Mas saiba que mais do que isso nćo causa nenhum efeito Imagem: Getty Images

Do UOL, em Sćo Paulo

09/12/2016 19h04

Obama come sete amêndoas todos os dias. E ele sabe o que faz... Pessoas que consomem, diariamente, 20 gramas de nozes (denominação genérica dos frutos secos, como avelãs, amêndoas, castanhas e noz) têm um risco menor de sofrer com problemas de saúde.

Isso foi o que revelou uma compilação de todos os estudos atuais sobre assunto, liderado por pesquisadores do Imperial College London e pela Norwegian University of Science and Technology. Segundo eles, ingerir o equivalente a um punhado dos frutos por dia pode reduzir o risco de doença coronariana em quase 30%, de câncer em 15% e de morte prematura em 22%.

Além disso, o consumo também foi associado a uma redução pela metade das chances da pessoa morrer de doença respiratória, e em 40% de diabetes. Contudo, os pesquisadores ressaltam que existem menos dados sobre essas doenças, especificamente, em relação ao consumo doe nozes.

A pesquisa foi publicada na revista BMC Medicine e analisou 29 estudos feitos em todo o mundo, envolvendo 819 mil participantes, incluindo mais de 12 mil casos de doença coronária, nove mil AVCs, 18 mil doenças cardiovasculares e câncer, além de mais de 85 mil mortes.

Embora houvesse alguma variação entre as populações estudadas --homens e mulheres, pessoas de diferentes regiões e com diversos problemas--, os pesquisadores descobriram que o consumo de nozes estava associado a uma redução no risco de doença na maioria dos casos.

Relação real

Getty Images
Imagem: Getty Images

"Nós encontramos uma queda consistente no risco para diversas enfermidades, indicando que existe uma forte relação subjacente real entre o consumo das nozes e os resultados diretos para a saúde, sendo um efeito bastante substancial para uma quantidade tão pequena de comida", explica Dagfinn Aune, da Imperial College London.

O que torna as nozes tão benéficas também é seu valor nutricional: são ricas em fibras, magnésio e gorduras poli-insaturadas. "Ainda existem evidências sugerindo que as nozes poderm reduzir o risco de obesidade ao longo do tempo", destaca Aune.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Estilo
Agência Estado
do UOL
do UOL
Blog do Prem Baba
Estilo
Estilo
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Blog Bella Falconi
do UOL
Estilo
Blog Luiz Sperry
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Nutrição sem neura
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
BBC
Estilo
Estilo
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Prem Baba
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo