Alimentação

Toma whey protein? Você pode estar jogando seu dinheiro fora

Getty Images
Sem orientaç?o adequada, o consumo de whey protein pode ser um gasto de dinheiro desnecessário Imagem: Getty Images

Thamires Andrade

Do UOL

21/12/2016 07h00

Parece até obrigação entre frequentadores de academia tomar uma dose de whey protein após o treino. Mas usar suplementação de proteína sem orientação nutricional pode não passar de desperdício de dinheiro. "Quando a pessoa usa sem necessidade de ingerir uma quantidade proteica além da alimentação, está jogando dinheiro fora. Os suplementos são caros", explica Carlos Alberto Werutsky, nutrólogo da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia).

Um treino intenso de musculação não é justificativa para tomar whey, segundo a nutróloga Ana Luisa Vilela. "Você pode praticar atividade física e obter proteína só com a alimentação. Eu, particularmente, prefiro que o paciente coma um bife. Quanto menos coisas industrializadas consumirmos, melhor", afirma.

Andreia Albuquerque, nutricionista do Instituto Central do Hospital das Clínicas, explica que a recomendação do consumo proteico é individual e está relacionada a vários fatores. "A idade, o peso, o tipo de exercício físico que pratica e objetivo de cada um devem ser levados em conta pelo profissional na hora de definir se há recomendação de proteína extra ou não".

A suplementação só é indicada quando há uma demanda que a alimentação não consegue suprir. "Um maratonista, que consome 3.500 calorias por dia, precisará que 15% desse número seja de proteína, preferencialmente de alto valor biológico, como ovos e carnes. Mas, às vezes, é uma quantidade muito grande de comida, e a suplementação facilita", exemplifica o nutrólogo da Abran.

Na opinião de Ana Luisa, os suplementos alimentares deveriam ser encarados como os medicamentos. "Acho falho que a legislação permita a prescrição e a venda desses produtos tão facilmente. Há riscos para a saúde". O uso indiscriminado de whey está associado a problemas renais, por exemplo. "Quando há um consumo elevado, o rim precisa fazer um trabalho excessivo, o que pode causar insuficiência renal", explica Andreia.

E o consumo do whey a longo prazo?

De acordo com Ana Luisa, os efeitos do suplemento já estão sendo estudados, mas só daqui a um tempo os cientistas saberão o que aconteceu com as pessoas que tomaram whey protein a vida toda. "Alguns casos clínicos já apareceram, mas o 'boom' da suplementação começou há pouco tempo. Consumimos adoçantes há 50 anos e até agora não há comprovações de que ele faça mal".

No entanto, a nutróloga afirma que o produto é, sim, seguro para consumo. "As quantidades ingeridas é que podem ser boas ou ruins, por isso, a importância de consumir com a orientação adequada", fala.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Blog Bella Falconi
do UOL
Blog Nutrição sem neura
do UOL
Blog Bella Falconi
Blog Nutrição sem neura
Blog Bella Falconi
do UOL
Blog Bella Falconi
Agência Estado
Blog Bella Falconi
do UOL
do UOL
Blog Bella Falconi
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Bella Falconi
Estilo
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
Blog Bella Falconi
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
Estilo
Estilo
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
TV e Famosos
Topo