Boa forma

É possível exibir um tanquinho em um mês como Rivaldo?

Reprodução/Instagram
O ex-jogador Rivaldo exibiu no Instagram um "antes e depois" com barriga de tanquinho Imagem: Reprodução/Instagram

Thamires Andrade

Do UOL

07/03/2017 17h50

Rivaldo voltou para os noticiários e o motivo não foi sua carreira esportiva. O ex-jogador compartilhou em seu Instagram um "antes e depois" exibindo uma barriga de tanquinho. "Há um mês comecei um plano de dieta e malhação com muito foco e determinação, e aí está o resultado", escreveu. Mas, afinal, é possível ter um resultado tão bom como o de Rivaldo em tão pouco tempo?

De acordo com a nutróloga Andreia Guarnieri, especialista pela Abran (Associação Brasileira de Nutrologia), quem consegue ter disciplina e dedicação, como o ex-jogador, pode sim ver resultados da dieta em pouco tempo. "Ele seguiu todo programa alimentar à risca, não faltou na academia, levava marmita para todos os lugares. Com esse empenho e organização é possível obter resultados com rapidez", diz.

A própria coach de nutrição do jogador, Gabi Dezan, afirmou em entrevista ao UOL Esporte que o ex-jogador foi seu cliente mais caxias. "Não fazia nada errado e sempre brincava dizendo: 'não pode dar brechas'. Querendo dizer que era melhor nem experimentar um doce, por exemplo, para não dar brecha e pecar com a dieta. Não faltou a um treino sequer. Viajou algumas vezes, uma dessas foi a Miami de carro e levou suas marmitas. Mandou foto dele e da mulher marmitando na parada", disse.

Reprodução/Instagram.com/rivaldooficial
Imagem: Reprodução/Instagram.com/rivaldooficial

Apesar de concordar que é possível obter resultados rápidos com muita dedicação e planejamento, Andreia também pondera a questão da individualidade. "As pessoas são diferentes. Umas têm mais facilidade ou dificuldade para emagrecer. O Rivaldo, por exemplo, sempre foi atleta, então, provavelmente é normal ele ter resultados mais rápidos do que um sedentário ", explica.

Dieta equilibrada

Na opinião de Andreia, a dieta seguida pelo jogador é bem equilibrada e em nada se assemelha com algumas dietas da moda que preconizam jejuns ou fazem as pessoas passarem fome. "Há um equilíbrio em termos de gorduras, carboidratos e proteínas. Fora que é uma dieta fácil de ser seguida, sem a exclusão de grupos alimentares, como carboidratos", fala.

“Ela é hiperproteica até pela intensidade dos treinos do ex-jogador. Li que ele treinava seis vezes por semana e não faltava nunca, nem quando viajava”, diz.

O café da manhã do jogador era composto por ovos, fruta, aveia e pasta de amendoim. O lanche da manhã tinha whey protein, batata-doce e óleo de coco, enquanto, no almoço, o cardápio era carne vermelha, arroz, feijão, salada e legumes. No lanche da tarde, omelete de ovos, peito de frango desfiado, queijo cottage, pimentão, cebola e cogumelos, e, no jantar, o prato era um peixe ou frango, com arroz, legumes e salada de folhas verdes. A ceia era composta por leite de amêndoas sem açúcar e whey protein.

"Ou seja, uma dieta com pouquíssimos industrializados, visando mais os alimentos naturais. Sem açúcar, refrigerantes e refeições livres na semana. Não estava liberado nem um pedaço de pizza sequer", exemplifica Andreia.

A bebida alcoólica também foi retirada da dieta, o que, segundo Andreia, é muito positivo,já que o álcool é muito calórico. "Não adianta fazer dieta e a semana toda, chegar fim de semana e tomar seis cervejas. Uma lata tem as calorias aproximadas de um pão francês. Se você toma seis, é como se estivesse comendo seis pães", compara.

Peso maior, mas barriga de tanquinho

Rivaldo pesava 83 quilos e, agora, está com 85,8. O fato de ter aumentado o peso na balança, mas ter um tanquinho é normal, já que o percentual de gordura do ex-jogador diminuiu. “O músculo pesa mais do que a gordura, pois é rico em água, por isso, essa diferença do número da balança e o que se vê nitidamente”, explica.

Andreia explica que o peso da balança é composto por osso, líquido, massa muscular e massa gorda. “A composição corporal faz com que seja possível ter duas pessoas com o mesmo peso e altura e uma ser gorda e a outra magra. Ao modificar a composição corporal, diminuindo a massa gorda, como aconteceu com Rivaldo, a definição aumenta e o tanquinho aparece”, diz.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
RedeTV! Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
UOL Estilo
do UOL
do UOL
Estilo
BBC
Topo