Vida saudável

"Sempre serei cheinha. Gosto de ser gostosa", diz Fabíola Gadelha

Antonio Chahestian/ Instagram/ Montagem/ UOL
Antes e depois da jornalista Fab?ola Gadelha, que emagreceu 30 kg Imagem: Antonio Chahestian/ Instagram/ Montagem/ UOL

Thalita Peres

Do UOL, em S?o Paulo

“Parecia que tinha tomado fermento”. Foi com esta frase que Fabíola Gadelha, 37 anos, resumiu os quilos que ganhou ao se mudar de Manaus para São Paulo após receber o convite de Marcelo Rezende para apresentar o "Cidade Alerta", da Record. Ela, que viu os ponteiros da balança marcarem 105 kg, deixou de lado sua antiga rotina se jogando de cabeça nos desafios profissionais na capital paulista.

“Eu não era gordinha quando me mudei para São Paulo. Cuidava da alimentação, corria... Quando recebi a proposta, minha vida virou um rebuliço! Foquei apenas no trabalho. Fiquei bem forte mesmo, obesa, mas sempre mantive a autoestima elevada”. 

Ficava ofegante ao apresentar o programa 

Usando manequim 50, tinha dificuldades em apresentar o programa jornalístico devido aos problemas de obesidade. “Minha saúde estava comprometida. Ficava ofegante no vídeo, era difícil ficar em pé, tinha dores de cabeças, crises de gastrite, cansaço ao subir escadas...”.

Reprodução/ Instagração/ @fabiolagadelhaoficial
Imagem: Reprodução/ Instagração/ @fabiolagadelhaoficial

Com a ajuda de nutricionista e endocrinologista, a manauara reeducou a alimentação em busca de uma vida mais saudável para perder 25 quilos em apenas três meses. Uma dieta rigorosa que intercalava refeições sem carne, sem glúten e sem lactose a cada semana, e caminhadas leves de meia hora levaram Fabíola aos 75 kg.

Uma pequena ajuda estética

Fabíola nega que realizou cirurgia, mas não que contou com a ajuda de um tratamento estético para acabar com a gordura localizada, chamado vibrolipoaspiração. “Queria que meu corpo ficasse com cintura, como era antes, porém não fiz bariátrica como todos acham. Emagreci naturalmente. Como minha saúde estava prejudicada, preferi mudar a alimentação e comer chocolate regrado do que nunca mais comer. Também queria ser um exemplo para os meus filhos. Antes, eu fazia lasanha e comíamos juntos. Agora, cozinho alimentos mais saudáveis, como peixe grelhado”. 

Reprodução/ Instagram/ @fabiolagadelhaoficial
Imagem: Reprodução/ Instagram/ @fabiolagadelhaoficial

Gosto de ser gostosa

Fabíola nunca se sentiu para baixo por estar acima do peso, mas confessou que está adorando usar looks que antes não ficavam tão legais em seu corpo. “É gratificante colocar uma roupa e deixar a barriguinha de fora. Antes a banha pulava. Sei que magra não estou, tenha consciência disso. Minha estrutura também não permite. Tenho ombros largos, sempre serei cheinha. Gosto de ser gostosa”.

Inspiração para muitas mulheres, nunca se abateu pelos quilos a mais. “Ser gordinha não me afetava, o preconceito nunca me abalou. Sempre gostei de mim, do meu cabelo, do meu rosto... É gratificante ver que alguém passou a me seguir no Instagram -- ela conta com mais de um milhão de seguidores na rede social - porque sirvo de exemplo. Isso não tem preço”. 

Reprodução/ Instagram/ @fabiolagadelhaoficial
Imagem: Reprodução/ Instagram/ @fabiolagadelhaoficial

Um ano sem se pesar

A jornalista tirou a balança de casa para não entrar na neura do emagrecimento e só voltou a encarar os ponteiros sete meses depois durante uma gravação do programa “Domingo Show”, apresentado por Geraldo Luís. “A Juju [Salimeni] estava se pesando e ele me pediu para ir também. Aí que eu vi que tinha emagrecido mais e estava com 72 kg. Isso já faz tempo também, tem mais de um ano”. 

Sobre sexo: "faço magra, faço gorda"

Solteira há mais de um ano, Fabíola afirmou ao UOL que sexo não é um tabu. “Nunca tive problemas com minha gordura. Faço magra, faço gorda. Sempre brinco que não posso aumentar a libido. Sempre fui fogosa. Para mim, está a mesma coisa, sempre fui sem vergonha”. 

 

 

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Topo