Vida saudável

Organização é segredo para dieta funcionar; veja 7 dicas das nutricionistas

Getty Images
Imagem: Getty Images

Gabriela Guimarães e Rita Trevisan

Colaboração para o UOL

Quem nunca apelou para o delivery por que a geladeira em casa não estava abastecida? Ou teve que recorrer ao fast food por que chegou em casa cansado demais para preparar uma comidinha saudável? Para a dieta sair do papel, é fundamental ajustar a rotina, planejar-se adequadamente e ainda manter a disciplina – mesmo quando surgem imprevistos. A seguir, nutricionistas dão dicas práticas de como fazer isso.   

Vá com mais frequência ao mercado

Pelo menos uma vez por semana, deixe um espaço na agenda para planejar as refeições dos próximos sete dias. Defina o que vai comer em casa e o que vai preparar para levar de lanche. Depois, é só ir ao mercado e ficar restrito à sua lista. "Se não tiver em casa tudo o que precisa, dificilmente terá tempo de pegar o que falta de última hora, já que a rotina é corrida. A chance de furar a dieta é grande", alerta o nutricionista Ricardo Zanuto, que também é professor de educação física.

Sempre que possível, cozinhe e congele em porções

Arroz, feijão, carnes e até vegetais - como couve-flor e brócolis -, podem ser preparados em um único dia da semana e congelados em porções menores. "Carne e frango desfiados podem ser usados como recheio de tapioca ou de lanches feitos com pão integral e folhas verdes. Frutas higienizadas e congeladas - como morangos, amoras e framboesas -, também podem ser batidas com iogurte ou leite, compondo uma refeição saudável e prática”, diz a nutricionista Maria Carolina Vieira.

Prepare todos os lanches no dia anterior

Para a reeducação alimentar dar certo, um cuidado importante é fazer todas as refeições prescritas – que costumam incluir dois a três lanches, além das refeições principais. Esses lanches podem ficar na geladeira até a hora da sua saída para depois serem acondicionados em uma bolsa térmica com gelo reutilizável. 

Tenha um kit de emergência sempre à mão

Barrinhas de cereais, proteínas ou sementes, frutas oleaginosas – como nozes e castanhas – e até frutas frescas, mas que não estragam com tanta facilidade - como é o caso das frutas in natura -, podem ficar na gaveta da sua mesa de trabalho, no carro, dentro da bolsa ou da mochila. Assim, nos dias mais corridos, quando você não puder parar nem para o lanche, eles vão salvar a sua dieta.

Prefira os restaurantes com cardápio variado

Se você come fora, os estabelecimentos que oferecem grande variedade de pratos são as melhores pedidas. Assim, as chances de encontrar alimentos do cardápio do dia a dia são maiores.

Recorra aos alimentos prontos ou semiprontos

Ter vegetais higienizados e até picados na geladeira pode ser um estímulo ao consumo desses alimentos, que geralmente merecem destaque nas dietas. Outra estratégia que funciona é ter comida saudável congelada, para os dias em que ocorrem imprevistos. Há várias empresas especializadas que oferecem esse tipo de alimento e entregam em casa. “É um bom recurso para quem está fazendo a reeducação alimentar mas não tem tempo, não gosta ou não tem habilidade para cozinhar”, afirma a nutricionista.  

Se algo der errado, não desanime

Ao cometer um deslize qualquer, apenas volte o mais rapidamente possível para a dieta. Essa é a orientação do nutricionista Peterson Mendes. Tentar compensar no dia seguinte, comendo menos, pode prejudicar os resultados da reeducação. Enfiar o pé na jaca de uma vez será ainda pior. De acordo com os nutricionistas, é fundamental manter a motivação em alta para persistir e manter a disciplina. Para isso, foque nos objetivos que deseja alcançar e nos inúmeros benefícios de que vai desfrutar quando chegar ao peso que deseja. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
Topo