Alimentação

21 dicas para fazer dieta sem abrir mão da vida social

Getty Images
Nos restaurantes, é preciso cuidado para manter a linha. Carnes magras, legumes, verduras e sopas são opções leves Imagem: Getty Images

Gabriela Guimarães e Marina Oliveira

Colaboração para o UOL

25/03/2017 13h38

Um dos maiores desafios de quem está firme na dieta é equilibrar a alimentação saudável com a vida social -- o que implica, muitas vezes, em lidar com cardápios repletos de opções cheias de calorias.

Em diferentes restaurantes, também há opções de comida gostosa e leve para você não perder a linha – e nem o prazer de conviver com a turma.  As nutricionistas Ariana Rocha, mestre em Ciência dos Alimentos pela USP (Universidade de São Paulo) e Denise Real, especialista em alimentos funcionais pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, ensinam dicas práticas para evitar os excessos na alimentação.

Na hamburgueria

1. Peça sempre os molhos adicionais à parte, para você ter controle da quantidade. Ainda assim maneire nos molhos e acompanhamentos. A mostarda tem passe livre e o catchup pode ser consumido com moderação. A maionese, no entanto, é muito gordurosa.

2. A carne vermelha também pode aparecer em uma alimentação saudável, especialmente se for magra, como é o caso do patinho. O mais importante é escolher um hambúrguer artesanal, sem conservantes ou aditivos químicos.

3. Evite queijos amarelos que são os mais gordurosos. Se não quiser ficar sem queijo, opte pela muçarela de búfala.

No restaurante japonês

4. As escolhas mais saudáveis são peixes crus ou grelhados, cogumelos na chapa, legumes no vapor e sopa missoshiro.

5. Os sashimis de atum são menos calóricos que os de salmão, mas ambos têm gordura boa e ainda são fonte de ômega 3, que é benéfica para a saúde.

6. O melhor é consumir as peças sem o shoyu, mas se for abrir exceção, opte pela versão light, que tem menos sódio que o tradicional. Uma boa dica é dissolver o tempero em um pouco de água.

7. Evite as frituras como o tempurá, que é feito com legume, mas leva farinha e é preparado no óleo - assim como os hot rolls.

8. Sushis e temakis pedem cautela no consumo, já que o arroz que compõe as duas receitas leva açúcar, assim como o molho tarê.

No boteco

9. As opções mais leves são a salada de carpaccio, o ceviche, os espetinhos grelhados, o filé ou o frango aperitivo sem molho.

10. O vinagrete é o acompanhamento perfeito das carnes. Além de ser saboroso, é composto, basicamente, por legumes e ervas.

11. A bebida alcoólica não está fora de cogitação, mas é melhor fugir do chope e optar por uma dose de saquê, gim ou vodca – os destilados tem menos carboidratos que o chope e a cerveja. Se for pedir uma caipirinha, troque o açúcar por adoçante. Mas se prefere o vinho, peça apenas uma taça.

Na pizzaria

12. O segredo é não ir com muita fome à pizzaria para se contentar com as duas fatias recomendadas pelos nutricionistas. Para ajudar a controlar a quantidade, a dica é não escolher mais do que dois sabores.

13. O grande truque, na pizzaria, é pedir uma salada de folhas antes ou para acompanhar a pizza. Isso ajudará a promover a sensação de saciedade.

14. Os recheios menos calóricos são atum, aliche, muçarela de búfala, rúcula, abobrinha, peito de frango, brócolis e escarola - sem bacon ou catupiry.

15. Também é preciso pegar leve no azeite, que, embora seja uma gordura boa, ainda assim é um alimento altamente calórico.

Na cantina italiana

16. Nem toda massa é pesada. Quando se consome com salada de folhas e carne, a refeição fica bastante equilibrada. O melhor é optar pelas massas secas e na versão integral, que tem mais fibras. Se fizer questão de uma massa recheada, prefira as que levam ricota ou vegetais.

17. Vá de molho de tomate, preparado com azeite de oliva, alho e ervas frescas. As versões com muito queijo e creme de leite – como é o caso dos molhos brancos – devem ser evitadas. Molhos com cogumelos, berinjela, tomate cereja e abobrinha também são saborosos e nutritivos.

Na churrascaria

18. As carnes vermelhas mais magras são alcatra, filé mignon e maminha. As aves também são leves, mas é melhor tirar a pele, que tem muita gordura. Outra dica é remover a gordura aparente das carnes.

19. As linguiças de frango e porco contêm muito sódio, então, se não conseguir resistir, coma pouco.

20. Para ajudar na digestão, escolha saladas verde-escuras, como a rúcula, a escarola e o agrião. Tempere com azeite extravirgem, limão ou vinagre. O acompanhamento pode ser o tradicional vinagrete com farofa simples e o arroz integral.

21. O chope é mais calórico do que a cerveja: é melhor escolher a segunda opção e intercalar a bebida alcoólica com água, para não exagerar no consumo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Estilo
RedeTV! Entretenimento
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
Estilo
BBC
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Comidas e Bebidas
UOL Comidas e Bebidas
do UOL
Band Terra Viva
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
Estilo
do UOL
do UOL
Estilo
Estilo
Estilo
RedeTV! Entretenimento
RedeTV! Entretenimento
RedeTV! Entretenimento
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
Estilo
BBC
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Topo