Vida saudável

"Como posso me odiar?" Mãe de seis exibe com orgulho suas estrias

Reprodução/Instagram
Sharny Kieser aprendeu a amar suas estrias e perdeu 30kg Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL

01/06/2017 19h56

Mudar o jeito como enxergava as marcas de seu corpo fez Sharny Kieser mudar todo o seu estilo de vida e, assim, ela conseguiu emagrecer 30kg.

Em seu Instagram, ela conta que não via propósito em malhar, já que ela jamais poderia vestir um biquíni, afinal, seu corpo era cheio de estrias, que surgiram após as gestações de seus seis filhos.

O jogo virou para Sharny quando ela ouviu seu marido, Julius, contando a um grupo de amigos por qual motivo ele achava as marcas um belo sinal. Ele disse que acreditava que estrias eram o resultado do grande amor que uma mãe tem, capaz de carregar cicatrizes em seu próprio corpo para trazer uma criança à vida.

"Quanto mais ele falava, mais eu entendia. Odiava a mim mesma pelo mesmo motivo que ele me amava. Meu corpo não estava arruinado: foi transformado e as marcas eram o símbolo daquela mudança. Um lembrete diário de que eu era uma mãe", conta Sharny.

"Olhei para minhas estrias e senti orgulho. Senti amor".

Com a ajuda de Julius, ela passou a cuidar da saúde e passou a se exercitar e comer de forma mais saudável. "A coisa mais maluca foi que quando comecei a me amar pelo corpo que tinha agora, comecei a me tratar melhor. Apenas mudando a forma que olhava para mim, encontrei motivação suficiente para cuidar do meu corpo", revela.

Em outra imagem em que aparece de biquíni em sua rede social, carregando um dos filhos, ela desabafa: "a história das minhas cicatrizes é que eu carreguei seis bebês em meu corpo. Foram quatro anos e meio da minha vida que passei grávida. Como posso me odiar por isso?"

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Notícias
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo