Vida saudável

Dorzinha? Doença que afastou Fogaça do MasterChef causa dor como a do parto

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

14/06/2017 16h23

Dor de quem tem pedra no rim não é pequena, Ana Paula Padrão!

O chef de cozinha Henrique Fogaça não participou do episódio desta terça-feira (13) do MasterChef após ter sintomas de cálculo renal. Ao anunciar a ausência do jurado, a apresentadora afirmou que Fogaça teve uma “dorzinha e foi diagnosticado com uma pedrinha no rim”.

Mas a realidade passa longe da “dorzinha”.

O quadro é lembrado pelas dores terríveis que a pedra causa na lombar e no abdômen. Dependendo, a intensidade consegue ser compara à dor do parto sem anestesia. Além disso, é possível ter vômitos, desmaios e cólicas extremamente dolorosas.

A dor forte aparece por causa da obstrução da via urinária provocada pela pedra, que bloqueia a passagem da urina e causa dilatação do rim. A doença tem maior incidência entre homens ou entre aqueles que bebem pouca água e abusam do sal.

De onde vem a pedra no rim?

O cálculo renal é formado geralmente por cristais de oxalato de cálcio eliminados pela urina que, ao se agruparem com o tempo, formam as pedras. Algumas pessoas tendem a absorver mais oxalato e cálcio do que a média e, consequentemente, seu organismo formará mais cristais.

E aí quanto mais líquidos o paciente ingerir, maior a chance de eliminar os cristais. Mas se a pessoa faz pouco xixi e toma pouca água, os cristais tendem a se agrupar com maior facilidade e formar compostos sólidos de diferentes tamanhos nas vias urinárias.

Embora a enfermidade seja popularmente conhecida como pedra no rim, os cristais podem se instalar em outras partes do trato urinário, como bexiga, uretra e ureteres.

Quem são os vilões?

"A quantidade de pessoas com cálculos renais vem aumentando ao longo dos anos, chegando a afetar 1 em cada 11 pessoas", explica Alexandre Danilovic, urologista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo).

Os causadores deste aumento, segundo ele, são os alimentos calóricos, além da baixa ingestão de líquido e falta de exercícios físicos.

Também é importante diminuir o sódio, que em grandes quantidades favorece no aumento da excreção de cálcio na urina. Comidas que facilitam a excreção de oxalato, como espinafre, chocolate e chá mate, devem ficar de fora da lista do mercado.

Como tratar?

Tem que fazer a pedra sair.

Dependendo do tamanho elas podem ser removidas pela urina ou por cirurgia.

Cálculos de até cinco milímetros de diâmetro têm 85% de chance de serem eliminados espontaneamente na urina, e os de até oito milímetros de 50%. O importante é beber bastante água para ajudar a mover a pedra. E tomar medicação para dor, se necessário.

Quando as pedras são maiores ou quando o quadro se agrava para uma infecção urinária, pode ser necessária a cirurgia endoscópica, para 'quebrar as pedras'.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

BBC
do UOL
BBC
do UOL
Redação
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
Topo