Vida saudável

Xixi vermelho ou com cheiro forte? Veja alterações que são sinal de alerta

iStock
Imagem: iStock

Débora Lublinski

Colaboração para o UOL, em São Paulo

06/07/2017 04h00

Nem sempre prestamos muita atenção, mas o xixi pode dar pistas de como anda a saúde, se há infecções, algum problema nos rins e até mesmo se você está bebendo água o suficiente ou de menos. Mas a recomendação é a seguinte: ficar de olho em cor, odor e volume. Leia abaixo e entenda melhor o que cada um desses parâmetros significa e, na ocorrência de alterações, busque ajuda médica.

Fontes consultadas: urologista Eduardo Bertero, membro da Sociedade Brasileira de Urologia, e o nefrologista Oscar Pavão, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Xixi amarelo-claro:

Quanto mais clarinho o xixi estiver, melhor para a sua saúde. Essa é a cor mais saudável e que sinaliza um corpo hidratado. Essa tonalidade, bem translúcida, indica que você está tomando a quantidade certa de líquidos. 

Amarelo-escuro:

Um tom mais forte, mas ainda assim amarelado, significa que a urina está muito concentrada. Isso é comum no primeiro xixi da manhã, mas se a cor continuar ao longo do dia é um sinal clássico de que é preciso tomar mais líquidos. "Além de um quadro de desidratação, reter a urina na bexiga favorece a colonização de bactérias e, portanto, pode causar uma infecção urinária", explica o urologista Eduardo Bertero, membro da Sociedade Brasileira de Urologia.

Avermelhado:

Esse tom é um sinal de alerta e pode significar que há a presença de sangue no xixi. "É possível que haja algum sangramento nos rins, no ureter, na bexiga ou na uretra. Consulte um médico imediatamente", adverte Eduardo Bertero. Se houver coágulo ou fio de sangue visível, o quadro pode ser ainda mais grave. Hematúria ou sangue na urina indica diversas doenças, de cálculo renal a tumor.

Cor de Coca-Cola:

É mais um sinal de que é preciso buscar um médico. Algumas doenças no fígado, como a hepatite, podem deixar o xixi com tonalidade acastanhada. É o excesso da bilirrubina --pigmento da bile-- que causa essa alteração na cor.

Alaranjado, esverdeado ou azulado:

Pouco comuns, essas cores geralmente têm relação com o consumo de algum medicamento ou complexo vitamínico. Cheque com o seu médico se o remédio que você está tomando causa esse efeito colateral. O cloridrato de fenazopiridina, por exemplo, prescrito para tratar cistites, deixa a urina bem laranja, a ponto de manchar a roupa íntima.

Com espuma:

Aqui é importante diferenciar aquela espuminha causada pela força ao urinar (mais comum nos homens) do xixi com espuma que se assemelha a claras de ovos batidas e ocupa 1/3 do vaso. "O quadro revela a presença de proteínas na urina e sugere alguma falha no funcionamento de filtração dos rins", explica o nefrologista Oscar Pavão. Mais uma vez, procure um médico.

Com cheiro forte:

O cheiro é mais intenso pela manhã, justamente por estar muito concentrado. No entanto, outros fatores podem provocar o odor acentuado da urina, como alguns medicamentos, certos alimentos (como aspargos) e problemas de saúde. Ainda é possível sentir odor mais forte em casos de infecção urinária de repetição (várias episódios em seguida) e diabetes, por exemplo. Converse com o seu médico caso perceba um cheiro diferente ao fazer xixi.

Pouco xixi:

O volume baixo de urina pode estar relacionado à ingestão insuficiente de água e líquidos, mas pode ser outro sinal de alerta. Fazer apenas algumas gotinhas, diversas vezes e em seguida, é um sintoma comum da cistite --uma infecção na bexiga ou no trato urinário inferior. Esse é um quadro que pode ou não ser acompanhado de ardor. 

Muito xixi:

É preciso descartar episódios em que o consumo de líquido (água, chá, sucos, refrigerante) é alto e, por consequência, a quantidade de xixi será, obviamente, maior. Medicamentos diuréticos também aumentam o fluxo de urina, assim como o consumo de bebidas alcoólicas. "A poliúria, que é o excesso de urina, tem também relação com o diabetes. Então é importante investigar, se ela não estiver relacionada a esses outros episódios", aconselha Oscar Pavão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
Blog do Prem Baba
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
BBC
do UOL
Topo