Vida saudável

Ela lutou contra anorexia e hoje faz "antes e depois" para celebrar a cura

Reprodução/Instagram
Holly Griffiths usa sua conta no Instagram para falar sobre sua cura da anorexia Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL

18/07/2017 13h24

A maioria das fotos de “antes e depois” é para mostrar como alguém superou o excesso de peso e agora exibe um físico magro. Mas Holly Griffiths, de Londres, resolveu usar esse recurso para falar sobre seu processo de cura da anorexia.

Ela lutou por 17 anos contra a doença e, depois de ter se curado, têm usado as redes sociais para falar sobre o tema e refletir sobre a sua jornada.

"Acredito que, assim como um viciado em drogas ou álcool, sempre terei que tomar cuidados com certos comportamentos nos períodos mais difíceis. Já faz cinco anos e ainda tem certos alimentos que prefiro evitar, fico me questionando se realmente estou curada ou se é só uma cicatriz de uma doença que superei", escreveu.

Holly também questiona quando que uma pessoa que foi anoréxica pode se considerar curada da doença. "Ao alcançar um determinado peso ou IMC? Quando nos olhamos no espelho e nos sentimos bem com nosso corpo? Quando comemos o que queremos sem culpa?".

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram
Para a professora de ioga, que hoje adotou uma alimentação "plant based" --dieta baseada em vegetais e alimentos integrais--, quem já foi anoréxico sempre está em remissão (quando a ausência de sinais da doença não significa sua cura completa), já que há um alto risco de recaída.

"Será que estou mais recuperada só por acreditar nisso? Acho que não. Acredito que ficarei em recuperação para o resto da vida e está tudo bem. Isso não significa que me considero uma pessoa com distúrbio alimentar. Mas sim alguém que pode ter alguma recaída por conta de algum gatilho", disse.

"A recuperação é uma jornada que dura a vida toda, independente do estágio que você estiver, mas isso não significa que sempre será uma luta. Não é mais para mim. Talvez esse seja o ponto para dizer que está curado. Quando o processo fica fácil e mais natural do que a anorexia”, finalizou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Blog Bella Falconi
do UOL
Estilo
Blog Luiz Sperry
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Nutrição sem neura
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
BBC
Estilo
Estilo
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Prem Baba
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Bella Falconi
Blog Luiz Sperry
do UOL
BBC
BBC
BBC
do UOL
do UOL
Blog Nutrição sem neura
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Topo