Vida saudável

Aos 62 anos, essa "senhora" vai fazer você repensar seus hábitos

Reprodução/Instagram/@kappahl
Yazemeenah Rossi, 62, em campanha de moda da marca sueca KappAhl Imagem: Reprodução/Instagram/@kappahl

Bárbara Stefanelli

Do UOL

19/07/2017 04h20

A modelo e atriz Yazemeenah Rossi tem, inacreditavelmente, 62 anos e, de tão boa que sua forma está, essa "jovem senhora", que foi mãe duas vezes e tem dois netos, estrela campanhas de biquíni e de lingerie. Nascida na França, hoje Yazemeenah vive pelas praias da Califórnia, nos EUA, onde virou uma espécie de símbolo da nova terceira idade.

Em entrevista ao UOL, ela conta que sua disposição e beleza se devem muito mais por hábitos simples e diários do que por procedimentos estéticos. A modelo também pratica ioga há mais de 30 anos e vive postando vídeos das suas séries nas redes sociais, como é possível ver mais abaixo. A seguir, leia o depoimento de Yazemeenah na íntegra e veja como ela faz para manter a saúde e corpo:

"Pratico ioga todos os dias há mais de 30 anos. Em grande parte, a prática é a maior responsável pelo meu corpo, já que eu não executo outro esporte. Eu apenas faço caminhadas, algumas na beira do mar. Mas, desde jovem, sempre fui bastante esportiva. Praticava surfe, nadava e corria.

Reprodução/Instagram/@yazemeenahrossi
Imagem: Reprodução/Instagram/@yazemeenahrossi

Hoje conheço mais o meu corpo

Apesar de parecer pelas minhas fotos que eu tenho a mesma disposição que muita gente de 30 ou 40 anos, minha energia definitivamente não é mais a mesma. Agora é diferente. Ainda sou eu, mas hoje eu sei mais como respeitar o meu corpo quando ele precisa descansar. Quando eu era mais jovem, não tinha esse entendimento.

Ao mesmo tempo, não sinto que meu corpo tenha limitações. Hoje eu só satisfaço mais essa a necessidade de descanso que temos para evitar que eu fique doente e tenha que descansar por obrigação.

Não sei se as cidades são um bom lugar para se passar o fim da vida. A natureza é mais cuidadosa com a gente, pelo menos comigo ela é.

Vejo muitos benefícios na idade, em poder curtir o último capítulo de nossas vidas com saúde. Só o tempo faz com que a gente evolua, cresça, seja mais sábia e entenda melhor quem somos. Acho essa sensação bem relaxante e me sinto mais livre hoje. Fora que é na minha idade que a maioria dos homens e mulheres, depois de criarem suas famílias e de trabalharem, consegue arrumar tempo para cuidar de si.

Não faça nada para agradar os outros, esse é meu maior conselho

Eu não costumo aconselhar ninguém sobre a melhor maneira de envelhecer bem. Todo mundo é diferente e deve sentir o que é melhor para si. Mas diria apenas para manterem a curiosidade acesa e para pegarem mais leve. Faça o que você gosta e tem vontade. Não faça as coisas apenas para agradar os outros. Faça o que acha correto e não se preocupe com o que os outros pensam de você. Essa é a sua própria vida!

Os benefícios do silêncio e da meditação

Reprodução/Instagram/@yazemeenahrossi
Imagem: Reprodução/Instagram/@yazemeenahrossi
Como hoje eu acabo ficando em silêncio na maior parte do tempo, raramente sento para meditar. Ficar em silêncio me faz sentir muito presente no que estou fazendo. Sou contemplativa por natureza. Então, de alguma maneira, sinto que estou em estado meditativo o tempo todo.

Mas, de vez em quando, também sento para meditar no fim da tarde. É um mimo que me dou, passar um tempo com o mundo invisível. Eu apenas apago as luzes, acendo uma vela e sinto que o invisível não é apenas algo oco ou vazio de sentido. Sinto como se fosse um cobertor macio em volta de mim. Eu adoro sentir os limites do meu corpo desaparecendo, como se as células estivessem se fundindo com o entorno. Mas eu não medito para procurar paz de espírito, é mais uma maneira de explorar o desconhecido e o que eu não consigo ver. É um momento para apenas sentir.

Estar presente no momento, observando, nos proporciona um estado de descolamento e, ao mesmo tempo, de conexão profunda com meu eu interior. Inspiração, intuição e revelações brotam de nós mesmos quando nos tornamos mais presentes. A meditação me trouxe um grande sentimento de pertencimento, de ter meu espaço no Universo, além de aumentar minha confiança e minha fé. Me sinto protegida e guiada por uma força maior.  

Carne, só se for de pasto ou peixe selvagem

Como de tudo, moderadamente. Eu mesma que preparo meus alimentos, nunca como comida processada, congelada ou de micro-ondas. Também não tomo refrigerante nem suco de caixinha. Vou à feira todos os domingos para comprar a minha comida da semana. Como, na grande maioria, orgânicos, peixes selvagens, um pouco de carne de pasto, ovos, amêndoas, vegetais, frutas, chocolate amargo, vinho, café, chá...

Fios lindos, longos e brancos: “A sensação é libertadora”

Reprodução/Instagram/@yazemeenahrossi
Imagem: Reprodução/Instagram/@yazemeenahrossi
Eu nunca decidi deixar meus cabelos brancos. Eu só os mantive quando eles começaram a aparecer, há cerca de dez anos, e amei! Nuca pensei em tingi-los e nunca tingi. Na verdade, nem cuido tanto deles assim. Eu não passo secador, nunca uso produtos para estilizá-los, uso basicamente xampu e condicionador orgânicos e, de vez em quando, aplico máscara e óleos que eu mesma preparo.

Mas, de vez em quando, sou obrigada a usar xampu roxo ou azul, porque os fios vão amarelando. Não tem uma marca específica que eu uso, nunca encontrei um produto que faça milagres! A internet também é cheia de receitas caseiras para os cabelos.

Mas só de você tomar um pouco de cuidado --assim como qualquer parte do corpo-- você já vai notar uma melhora. Acredito que as pessoas tenham que ser curiosas e procurar pelo melhor produto para si. Tem que experimentar, não tem jeito. O que é melhor para o meu cabelo pode não ser o melhor para o seu.

A sensação de deixar os fios brancos é libertadora. É bem conveniente, na verdade. 

Simplesmente aceitei o que a natureza me abençoou. Por que eu iria agredir meus cabelos ou meu corpo para transformá-los no que não são? Minha única tarefa é manter o ‘templo’ que me foi oferecido para viver nesta vida. E isso é bem agradável!"

Musa fitness da ioga

 

Uma publicação compartilhada por Yazemeenah Rossi (@yazemeenahrossi)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

em

 

 

Uma publicação compartilhada por Yazemeenah Rossi (@yazemeenahrossi)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

em

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Estilo
Agência Estado
do UOL
do UOL
Blog do Prem Baba
Estilo
Estilo
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Blog Bella Falconi
do UOL
Estilo
Blog Luiz Sperry
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Nutrição sem neura
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
BBC
Estilo
Estilo
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Prem Baba
do UOL
do UOL
do UOL
Topo