Vida saudável

Ela não sabia que estava grávida e fez sua 60ª competição de triathlon

Reprodução/Facebook
Meredith Kessler não sabia que estava grávida quando foi participar de sua 60ª prova de triathlon Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL

07/08/2017 17h29

Meredith Kessler sempre gostou de praticar atividade física. Aos 21 anos, duas semanas depois de conseguir comprar sua primeira bike de triathlon, ela participou de um Ironman, modalidade de triathlon de longas distâncias compreendendo aproximadamente 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,195 km de corrida

Mas foi só aos 30 anos que ela deixou de ser amadora na competição e transformou o hobby em profissão. Em entrevista à revista "Shape" americana, Meredith contou que competiu 60 Ironmans em seus nove anos de carreira, sendo que em uma das competições ela não sabia que estava grávida.

"Em março deste ano, eu participei de um Ironman na Nova Zelândia sem saber que estava grávida de quatro semanas. Tinha me preparado no inverno para essa competição, mas não estava me sentindo eu mesma. Depois que descobri a gestação fez todo o sentido. Descobri o motivo de estar me sentindo enjoada e de ter vomitado tantas vezes durante a prova que durou nove horas", conta.

Mesmo grávida, a atleta levou o terceiro lugar na competição e ficou extremamente feliz em conseguir realizar seu sonho de ser mãe. Ela pretende retornar aos pódios em 2018, mas, para isso, precisa continuar treinando, mesmo que em intensidade menor, durante a gestação.

"Agora me exercito de três a cinco horas por dia para não perder a memória muscular. Nado de seis a 10 quilômetros por dia e também pedalo de quatro a cinco vezes por semana", diz.

Nos quatro primeiros meses da gestação, Meredith ainda conseguia correr de 60 a 80 quilômetros por semana. No entanto, começou a sentir uma pressão na região pélvica e precisou diminuir o ritmo. "Meu médico acha que foi pelo fato de o bebê estar sentado e pela sensação do útero estar expandindo. Me certifiquei que a pressão não machucava o bebê. É importante ouvir os sinais de seu corpo. Se eu consigo correr de cinco a oito quilômetros por dia é uma vitória. Mas sempre penso que não é preciso forçar nada durante esse período", fala.

Como atleta, Meredith já estava acostumada a manter uma alimentação balanceada e saudável. Depois da gravidez ela sente que comer porções menores ao longo do dia a ajudam a manter um bom nível de energia e evitar as náuseas.

"Consumo carne vermelha pelo menos uma vez por semana para ter o ferro necessário e também como muitas frutas, iogurte grego, manteiga de amêndoa com torrada, granola, salada com frango grelhado e abacate. Variar a alimentação é tudo", lista.

"Mal posso esperar ver meu marido e meu filho torcendo por mim nas corridas em 2018. Essa será minha maior motivação", conta.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Estilo
Blog Luiz Sperry
do UOL
Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Nutrição sem neura
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
BBC
Estilo
Estilo
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Prem Baba
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Bella Falconi
Blog Luiz Sperry
do UOL
BBC
BBC
BBC
do UOL
do UOL
Blog Nutrição sem neura
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
BBC
do UOL
do UOL
Topo