Saúde

Você usa? Cigarro eletrônico pode aumentar risco de infarto e derrame

iStock
Imagem: iStock

Do UOL

11/09/2017 10h53

Uma nova pesquisa descobriu que cigarros eletrônicos com nicotina causam enrijecimento das artérias, problema ligado a um aumento no risco de ataque cardíaco e derrame.

Tem alguma dúvida sobre a saúde do seu corpo? Mande sua pergunta para o e-mail pergunteaovivabem@uol.com.br que nós encontraremos os melhores especialistas para respondê-la.

Ao apresentar o estudo durante o Congresso Internacional da Sociedade Europeia Respiratória, em Milão, na Itália, Magnus Lundback disse: “O número de usuários de cigarros eletrônicos tem crescido drasticamente nos últimos anos. O aparelho é considerado inofensivo para o público em geral e a indústria vende o produto como o caminho para reduzir os perigos do cigarro e a solução para os fumantes. Entretanto, a segurança dos cigarros eletrônicos é debatida e um número crescente de evidências sugere efeitos adversos à saúde.”

O estudo apresentado mostrou que há um significante aumento na frequência cardíaca e na pressão sanguínea nos voluntários que foram expostos a cigarros eletrônicos contendo nicotina.

Efeitos do cigarro eletrônico podem ser os mesmos do cigarro normal

Lundback, que é autor da pesquisa, e outros cientistas recrutaram 15 voluntários jovens e saudáveis para fazerem parte do estudo, em 2016. Os participantes fumavam socialmente (máximo de dez cigarros por mês) e não haviam usado cigarros eletrônicos antes do experimento. Eles usaram o aparelho com nicotina por 30 minutos em um dia e sem nicotina em outro. Os pesquisadores mediram a pressão sanguínea, frequência cardíaca e enrijecimento arterial imediatamente após os voluntários fumarem e depois de duas e quatro horas.

Nos primeiros 30 minutos após usarem o cigarro eletrônico com nicotina, houve um aumento significante na pressão sanguínea, frequência cardíaca e no endurecimento arterial; nenhum efeito foi relatado ao usarem cigarros sem nicotina, no entanto.

“Esses sintomas são justamente atribuídos a essa substância”, disse Lundback. “E mesmo temporários, os efeitos são os mesmos dos encontrados em pessoas que fumam cigarros normais. A exposição crônica passiva ou ativa ao cigarro causa um enrijecimento permanente nas artérias. E nós especulamos que o mesmo ocorra em quem usa cigarros eletrônicos.”

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
Cintia Cercato
BBC
BBC
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
Agência Estado
Agência Estado
Agência Estado
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
BBC
do UOL
BBC
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
BBC
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo