Beleza

Secar o cabelo ao natural pode causar mais dano que com secador, diz estudo

Fabiano Cerchiari/UOL
O secador deve ser usado a 15 centímetros de distância dos fios Imagem: Fabiano Cerchiari/UOL

Paula Roschel

Colaboração para o UOL

08/02/2018 04h00

Um estudo publicado por seis médicos coreanos no "Annals of Dermatology" balançou as crenças sobre deixar o cabelo secar naturalmente após o banho versus usar secador para retirar a umidade dos fios.

Segundo a pesquisa, embora o uso da ferramenta cause mais danos à superfície (cutícula) do que a secagem natural, usá-la a 15 centímetros de distância e em movimento contínuo ocasiona menos prejuízos em geral -- principalmente sobre o Complexo de Membrana Celular (CMC), parte importante do fio conhecida popularmente como "cimento capilar".

Veja também

Cuidado com as altas temperaturas

Apesar dessa conclusão impactante, os secadores não são totalmente inofensivos: “O principal problema dos aparelhos está nas altas temperaturas, já que o calor, a longo prazo, pode deixar os cabelos fracos e quebradiços. Se optar por utilizar o secador, use na menor temperatura, mantendo distância adequada dos fios para o menor dano térmico possível” explica Camila Saab, médica especialista em dermatologia e medicina do Envelhecimento Saudável, da Clínica Mais Excelência Médica.

Deixar os fios úmidos por muito tempo também é prejudicial, principalmente à noite: “Devemos secar o cabelo se for lavado antes de dormir. Apenas tirar o excesso de água com a toalha, sem esfregá-la nos fios é o ideal. Se for necessário usar o secador, opte por temperatura média, por poucos minutos, e não esqueça de aplicar um bom protetor térmico capilar”, pontua a dermatologista Bruna Rezende. Os fios úmidos são mais frágeis e quebram mais facilmente em atrito com o travesseiro. Além disso, o cabelo molhado favorece o surgimento de fungos e bactérias, responsáveis por descamações e quedas.

O cabeleireiro americano Stephen Knoll reitera o estudo coreano e diz que o segredo para usar o secador sem causar danos vai além da temperatura média e dos 15 centímetros de distância: “Não deixe o secador parado num ponto específico do cabelo, para não sobrecarregar a estrutura. O ideal é movimentá-lo sobre as mechas por igual. Não fazer isso é o erro mais recorrente que vejo por aí, no uso doméstico ou em salão”, esclarece o especialista, que já cuidou de famosas como Cindy  Crawford e Anna Wintour.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
Blog da Sah Oliveira
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
UOL Mulher - Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
Tudo Beleza
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
Blog da Sah Oliveira
Beleza
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog da Sah Oliveira
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
Topo