Comportamento

Homens contam por que não se sentem ameaçados pelos vibradores delas

Getty Images
Vibradores ameaçam os homens? Eles garantem que não Imagem: Getty Images

Carolina Prado e Gabriela Guimarães

Colaboração para o UOL

27/09/2017 04h00

O brinquedinho erótico mais popular do mundo ainda é polêmico entre alguns casais: há homens que o enxergam como rival. Outros, porém, já descobriram nele um aliado para melhorar a vida sexual. Veja o que dizem esses homens bem resolvidos com o vibrador das parceiras.

Prazer em ver ela se masturbar

“Foi minha mulher quem me apresentou produtos de sex shop, inclusive o vibrador. No começo, não gostei. Eu via tudo como concorrência e pensei que ela não estava satisfeita com o meu desempenho. Depois de muita conversa, me animei a conhecer mais. Resultado: tudo o que usamos só melhorou nossa vida sexual. Ver minha mulher sentindo prazer sozinha é muito excitante. No nosso caso, o vibrador e outros produtos eróticos serviram para melhorar o que já era bom.”
Alexandre Scarpato Lopes, 46, empresário.

Serve também para apimentar a relação

“O vibrador era uma coisa que minha namorada queria fazia tempo, tanto para usar sozinha quanto para usar no nosso sexo. Compramos no aniversário de namoro, quando recebemos um cupom de desconto de um sex shop. Às vezes, durante um oral, ela curte que eu use nela. Também gosta de colocar no clitóris durante a penetração. Não há razão para ter inveja do vibrador, porque um brinquedo de plástico nunca será substituto de uma pessoa pela qual você sente tesão.”
Rodrigo Cruz, 22, pesquisador.

O vibrador a torna boa de cama

"Quando nos conhecemos, ela já tinha um vibrador. Quando veio me contar, não tive problema algum para aceitar. Acho ótimo que ela tenha capacidade e independência para explorar a própria sexualidade. Isso é superpositivo para a nossa vida sexual. Diria a outros homens para pararem com esse tabu bobo, porque uma mulher que se conhece é muito melhor na cama.”
Enzo, 28.

Foi ideia dele ter um

“Gosto de vê-la chegando a um nível de prazer que, sozinho, eu não conseguiria dar. A ideia do vibrador foi minha, porque eu sabia que ele me ajudaria a descobrir mais sobre o que minha parceira gosta e quais pontos erógenos dão prazer a ela. Adoro que minha mulher o use e que seja feliz, que queira mais e mais prazer e que liberte as suas fantasias. Bem resolvida sexualmente, ela se torna mais livre na cama e na vida e isso só faz bem para os dois.”
Lucas, 43.

Não existe competição, mas baixa autoestima

“Da mesma forma que é saudável eu me masturbar, é tranquilo para mim que a minha namorada faça o mesmo, com ou sem vibrador. Acho que ela deve usar o brinquedo que quiser para sentir prazer e se conhecer. Chega a ser ridículo pensar em competição com um pau de borracha. É um pensamento que indica uma coisa apenas: o homem precisa cuidar mais da sua autoestima."
Diego, 24.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
Bloomberg
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
EFE
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Agência Estado
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
BBC
do UOL
BBC
AFP
Redação
Topo