Casa e decoração

Vinagre, limão e mais ingredientes para acabar com o mofo em casa

Getty Images
Se o bolor é superficial, borrife vinagre branco e espere pelo efeito clareador Imagem: Getty Images

Marcelo Testoni

Colaboração para o UOL

25/10/2017 04h00

As fórmulas caseiras mais usadas contra o mofo são feitas à base de vinagre. Ele tem ação bactericida e não prejudica a saúde, se comparado a produtos de limpeza pesada. Bicarbonato, azeite, sal e limão também estão entre os itens usados contra o bolor. A seguir, saiba fazer misturas alternativas para acabar com variados tipos de fungos na sua casa.

Leia também:

Armário e despensa

Primeiro, retire tudo de dentro. Para eliminar o cheiro de guardado de roupas e embalagens, borrife vinagre branco nelas e coloque-as ao sol. Se estiverem mofadas, será preciso lavar ou, no caso de alimentos, jogar fora, mesmo. Limpe a parte interna dos móveis com um pano umedecido no vinagre. Depois, para arejar, deixe as portas abertas ou ligue o ventilador em frente, até secar bem. Nunca guarde tecidos dentro de sacos plásticos, pois eles não deixam a roupa “respirar”.

Roupas e toalhas

Manchas de bolor novas podem ser removidas com apenas uma lavagem. Já as mais antigas e escuras, em peças brancas, são limpas com a aplicação de uma misturinha feita com 5 colheres de sopa de cloro, 3 colheres de sopa de açúcar (que serve para neutralizar a ação oxidante do cloro em tecidos) e 5 colheres de sopa de água morna. Deixe a solução agir por algumas horas e, depois, lave com água e sabão.

Ambientes sem ventilação

Para acabar com o cheiro forte de cômodos abafados, escuros e fechados, coloque serragem de cedro dentro uma meia-calça velha e pendure-a atrás da porta. O cedro sugará a umidade do local. Outra técnica eficiente é espalhar pelos cantos vários sachês de sândalo ou pequenas pedras de carvão embrulhadas em jornal. Quando estiverem muito molhados ou mofados, é hora de trocar.

Móveis de área externa

Em ambientes ao ar livre, a madeira de decks, bancos e mesas de varanda e jardim podem facilitar a proliferação de fungos. Para não ter que descartar esses móveis, você pode impermeabilizá-los anualmente com tinta resinada, esmalte impregnante ou verniz náutico. No dia a dia, a limpeza deve ser feita com uma flanela umedecida em vinagre de vinho e azeite de oliva. Se quiser lavar, utilize apenas água fria e sabão neutro.

Ralos e pias

Para matar os fungos que causam o bolor (e as mosquinhas que fazem dele "ninho" para suas larvas), coloque dentro de um borrifador 1 copo de álcool e uma pequena porção de cravos da índia. Depois, aplique a solução nas áreas afetadas. Para se prevenir, lave sempre as bordas de ralos, com uma escovinha, e mantenha a bancada da pia seca após o uso. Sem água, os insetos perdem o alimento e não se proliferam.

Paredes

Se o bolor é superficial, borrife vinagre branco e espere pelo efeito clareador. Agora, se as manchas estiverem impregnadas, aplique tinta de parede impermeável. Porém, antes de pintar, lixe a superfície e lave-a bem para eliminar os fungos. Essa limpeza pode ser feita com água oxigenada diluída em pouco de detergente neutro. Com uma escova de cerdas duras, esfregue bem, deixe agir por 10 minutos e enxágue.

Getty Images
Imagem: Getty Images

 

Teto do banheiro

Para evitar bolhas e pontos pretos provocados pelo vapor do banho quente, instale no alto, sobre o armarinho ou escondido atrás do chuveiro, um saquinho preenchido com giz de lousa. A cal do giz absorve a umidade. No entanto, o problema não se resolverá se você não deixar a janela do banheiro aberta após o banho.
 

Azulejos e área do box

Esfregue uma esponja de cozinha velha embebida em suco de limão sobre azulejos, canaletas de box e rejuntes; depois, lave com água. Por ser ácido, o suco do limão ajuda a combater os fungos. Já as cortinas do box, em geral, devem ser deixadas de molho em 1 litro de água com 4 quatro colheres de sal até as manchas desaparecerem.

Pisos cerâmicos e rodapés

Antes de limpar é preciso descobrir o foco do bolor, que pode vir da umidade do solo, da falta de uma secagem correta ou de infiltrações. Solucionado o problema, limpe esses locais com bicarbonato de sódio diluído em água: 1 colher de bicarbonato para cada 1 litro de água. Após secar, evite usar produtos à base de silicone ou cera, que criam uma camada gordurosa sobre os revestimentos e favorecem o acúmulo de matéria orgânica em decomposição.
 

Geladeira e máquina de lavar

Borrachas de vedação, frestas e vãos acumulam água e umidade facilmente. Para eliminar os microrganismos, separe meio litro de água morna e adicione 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio e um sachê de chá de hortelã. Vire um pouco dessa solução em um pano e limpe o interior do cilindro da máquina e as paredes e prateleiras da geladeira. Depois passe um pano para secar.

Fontes: Carol Rosa, personal organizer e influenciadora digital, Cynthia Ewer, autora do livro "Acabe com a Bagunça".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Folha de S.Paulo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
Casa e Decoração
do UOL
Casa e Decoração
do UOL
BBC
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
Blog Casa de Viver
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
Blog Casa de Viver
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
Topo