Casa e decoração

Decoração express: serviço muda sua casa sem quebradeira e a preço popular

Divulgação
Ambiente transformado pela ArqTips Imagem: Divulgação

Léo Marques

Colaboração para UOL

15/02/2018 04h00

É possível transformar ambientes inteiros de maneira rápida, investindo quanto você puder e sem precisar de obras. Trazido dos Estados Unidos para o Brasil, o serviço de "decoração express" lembra aquelas transformações feitas por programas de TV. A proposta é que o próprio cliente, com a ajuda de profissionais da área, possa meter a mão na massa e não precise gastar muito. Veja como fazer:

Procure uma empresa

O serviço funciona assim: os interessados acessam o site das empresas que oferecem esse serviço, como ArqExpressArqTipsAs Arquitetas etc. Após escolher uma, o passo seguinte é se cadastrar e agendar uma visita do profissional ao imóvel, para que ele colete dados, tire fotos e medidas. Por isso é importante localizar uma empresa na sua cidade. Se não for possível, procure por quem ofereça esse serviço virtualmente. Nesse caso, o morador se responsabiliza por fazer as medições dos ambientes e as fotos para a elaboração do projeto.

Veja também

Quanto eu tenho para gastar?

Nesse primeiro contato, você deve informar o quanto tem de dinheiro para investir, pois todo projeto será executado respeitando um orçamento. De praxe, as versões mais comuns de projeto contemplam uma lista de dicas de transformação, indicações de produtos e roteiro de etapas. Já as mais sofisticadas, além de oferecerem tudo o que já foi mencionado, apresentam um layout 3D de como ficará o resultado final.

Divulgação
ArqExpress Imagem: Divulgação

Etapas para ver tudo bonito

As transformações acontecem em três modalidades: organização (inclui remanejamento de móveis e objetos, além da eliminação de peças sem uso no espaço), reforma (de estofados, parede e móveis) e, por fim, compras (de itens que podem dar um toque especial à decoração, como almofadas, tapete, cortina e quadros). 

Transformação geral em até dez dias

Geralmente, o prazo que os profissionais dão para uma geral no imóvel varia de um a dez dias, dependendo do serviço oferecido pela empresa ou do estado do imóvel. Nesse meio tempo, o cliente também pode se ausentar ou participar de tudo com os responsáveis pelo projeto: o designer de interiores ou o arquiteto. Inclusive são esses profissionais que devem coordenar a transformação e a equipe de pintores, colocadores de papel de parede e marceneiros, quando houver necessidade.

Quanto custa?

Os preços variam bastante, afinal cada projeto tem suas especificidades. Por R$ 650, por exemplo, é possível mudar um ambiente pequeno, de até 30 m². Para cômodos maiores, os valores sugeridos oscilam entre R$ 1.800 a R$ 2.500. Nos dois casos não estão incluídas as despesas com contratação de mão de obra terceirizada, que só será solicitada se o arquiteto ou designer não der conta do serviço sozinho. A elaboração do projeto, a produção do espaço e a indicação de profissionais e lojas são garantidas por eles. Uma consultoria virtual para saber o que deve ser feito sai, em média, por R$ 250, e inclui sugestões de decoração, de compras e elaboração de projeto personalizado.

Divulgação/As Arquitetas
Cadeiras reformadas Imagem: Divulgação/As Arquitetas

Serviço

ArqExpressPorto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Cascavel (PR), Novo Hamburgo (RS), Canoas (RS), Taquara (RS).

Arq Tips: São Paulo (SP)

As ArquitetasRio de Janeiro (RJ)

Bora DecoraRio de Janeiro (RJ) e São José dos Campos (SP)

Pocket  DecorSão Paulo (SP)

Fontes: Arquitetas Carolina Schlesinger e Gabriela Gutterres, da ArqExpress, Giovanna Z. Montagna e Luiza Lessa, da Arq Tips, Claudia Marandino, do site As Arquitetas, Rachel Benz, do Bora Decora e a designer de interiores Guta Calazans, da Pocket Decor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Casa e Decoração
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo