Relacionamento

6 apps gringos ajudam a esquecer ex-amores (mesmo que por um dia só)

Do UOL, em São Paulo

19/10/2017 04h00

Contra investidas incertas de gente arrependida e recaídas que são uma cilada, separamos seis aplicativos que ajudam a manter o antigo romance longe dos olhos e do coração (e das mensagens de texto que só trazem arrependimento). Infelizmente, todos são em inglês. Será que os desenvolvedores não ligam muito para a fossa amorosa de quem só entende o português? De qualquer forma, alguns não precisam de um profundo conhecimento da língua. Dá uma olhada:

Coração partido
Imagem: Giphy

1. Hell is Other People (o inferno são os outros)

Aqui, a intenção é não só te notificar sobre pessoas indesejadas nos arredores, como ajuda a fugir delas. Não cruzar a mesma rua nem estar no mesmo bar que um ex é uma das promessas do serviço, que funciona dentro do aplicativo Foursquare. O Hell consegue encontrar pessoas --que precisam também usar o Foursquare-- em um mapa e informar o quanto longe ou perto ela está de você. 

2. Take a break (dê um tempo)

Esta é uma ferramenta que funciona dentro do Facebook. Com ela, você decide quando quer ver alguém no seu feed, se quer limitar o que compartilha com a pessoa e editar publicações anteriores com ela. É uma ótima ideia se você precisa controlar a frequência de publicações de um ex, por exemplo, e dar tempo ao tempo.

3. Rx Breakup (RX Término)

Criado pela terapeuta Jane Reardon e a maquiadora Jeanine Lobell, o aplicativo funciona como um programa de 30 dias com tarefas --liberadas dia a dia, uma a uma-- para que você lide, de forma obstinada, com o fim de um relacionamento que, digamos, não acabou muito bem. Há dicas também, como a infalível "se beber, não mande mensagens". Disponível para iPhone e Android.

Leia também:

4. Never liked it anyway (nunca gostei mesmo)

Um site onde amantes desprezados podem vender presentes que ganharam de ex-amores, aquele tipo de “lembrança” que parece muito dolorosa de manter. Alianças e vestidos de noiva não são raridades por lá. A norte-americana Annabel Acton, a criadora, disse ao New York Times que a experiência de vender esse tipo de presente pode ser “catártica”, uma vez que “é como se a pessoa estivesse expurgando o ex”.

5. Mend

O aplicativo é como um personal trainer virtual para ajudar a esquecer alguém. Nele, você conhecerá um avatar animado da fundadora, a norte-americana Ellen Huerta, que, com sua voz reconfortante, oferece orientações sobre como superar o fim de um relacionamento. Um dos tópicos é chamado de "desintoxicação de seu ex”. Apenas para iPhone.

6. Break-up boss (chefe do término)

Encare esse app como uma autoajuda diária para curar um coração partido. Ele dá conselhos, mas ainda propõe exercícios divertidos como as “falsas mensagens para o ex”. Você vai lá, escreve tudo o que precisa desabafar e envia o recado, só que não para a pessoa amada (ou odiada, no caso). Somente para iPhones.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
Blog do Fred Mattos
Redação
do UOL
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
EFE
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Comportamento
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
BBC
"Fui marmita de traficante"
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Topo