Beleza

Acne cosmética: veja como evitar espinhas causadas por produtos de beleza

Paula Roschel

Colaboração para o UOL

28/11/2017 04h00

Sofrer com acne na adolescência é comum, mas imagina passar por isso também em outras fases da vida? Muitas vezes o problema pode estar no nécessaire: nos produtos de beleza. A acne cosmética é muito comum e facilmente resolvida. Com a ajuda de especialistas, respondemos às principais dúvidas sobre o tema: 

O que causa a acne cosmética?

Segundo a dermatologista Betina Stefanello, ela é basicamente causada pelo uso de certos produtos de beleza por pessoas com a pele oleosa: “Na maioria das vezes, quando essa pessoa utiliza produtos que obstruem os poros, a acne cosmética se instala. Ou seja, é mais difícil encontrar uma pessoa com a pele seca com esse tipo de condição”, explica. O problema, que pode surgir na forma de cravo preto (comedão aberto), branco (comedão fechado) ou espinha, aparece especificamente no local que teve contato com cosméticos que não combinaram bem com a pele -- muitas vezes bases e primers.

Veja também

Ela pode demorar para aparecer?

A diretora médica da Pierre Fabre, Ana Coutinho, diz que a acne cosmética pode levar semanas para aparecer: “A grande diferença desse tipo de acne para as outras é a relação cronológica de causa e efeito. Se o produto suspeito não for afastado e não houver mudança na rotina de higiene diária, a condição pode persistir indefinidamente”, alerta.

Posso ou não espremer?

A tentação é grande quando vemos um pontinho branco ou preto no rosto, mas para o dermatologista especialista em cosmiatria Alberto Cordeiro é essencial não espremer: “Nenhuma acne pode ser espremida, já que desencadeia uma reação inflamatória que acaba piorando o quadro. O certo é colocar um produto secativo, fazer um laser ou máscara de LED”, informa.

Como diferenciar acne cosmética de alergia?

Alberto Cordeiro ressalta que existe uma confusão envolvendo acne cosmética e reações alérgicas, pois a acne não aparece da noite para o dia: “É alergia caso use um produto hoje e apareça algo amanhã”. Outra diferença é que a alergia forma um ponto vermelho acompanhado de coceira, o que não ocorre na acne cosmética, que tem forma de cravo ou espinha.

Produtos não comedogênicos ajudam?

Para evitar que a acne cosmética apareça, é importante escolher um produto de beleza que combine com seu tipo de pele e que contenha agentes não comedogênicos e específicos para diminuir a incidência de acne -- caso dos cosméticos oil-free, toque seco e séruns para pele oleosa ou mista. Mas sempre lembre que uma conversa com seu dermatologista é essencial para driblar esses problemas. Conhecer os ingredientes que desencadeiam o quadro também é fundamental, mas nem sempre adianta ler o rótulo: “Até porque existem diferentes aspectos que devem ser considerados, como a concentração dos ativos, se a formulação é em gel, creme, loção, entre outros. Assim, nos resta manter uma higiene diária adequada que impeça a permanência de certos produtos na pele”, explica Ana Coutinho.

Acne cosmética tem solução?

O problema é temporário -- ou seja, ocorre enquanto a pessoa utilizar o produto que obstruiu os poros. Se parar logo, o que é o recomendado pela médica Betina Stefanello, o problema some.

Quais cuidados diários devo ter?

Para todos os especialistas entrevistados um ponto é essencial: limpar a pele diariamente e sempre retirar a maquiagem com sabonetes faciais e demaquilantes específicos para seu tipo de pele pode manter o rosto muito mais bonito e livre de acne ou alergias.

Limpar os pincéis de maquiagem também é importante?

Além de usar produtos específicos para seu tipo de pele e com formulação leve e equilibrada, é importante limpar os pincéis de maquiagem toda semana, com água e sabão suave (as fórmulas regulares de sabão podem secar as cerdas do pincel, especialmente se as cerdas forem naturais). Veja o passo a passo:

  1. Molhe as cerdas com água morna;
  2. Coloque uma gota de produto específico para esta função ou sabão na palma da sua mão;
  3. Aplique suavemente o produto nas pontas das cerdas, usando a palma da mão como base;
  4. Enxágue as cerdas;
  5. Esprema o excesso de umidade com uma toalha limpa;
  6. Deixe o pincel secar com suas cerdas livres. Nunca deixe suas escovas secar sobre uma toalha -- as cerdas podem mofar.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog da Sah Oliveira
do UOL
Blog Luciana Bugni
Blog do Rodrigo Cintra
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog da Sah Oliveira
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
Blog Luciana Bugni
Tudo Beleza
Tudo Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog da Sah Oliveira
do UOL
do UOL
Topo